Image default
Críticas Mangá

The Legend of Zelda | Four Swords fecha os mangás Perfect Edition com chave de ouro

Em agosto de 2018 a editora Panini colocou nas bancas e livrarias de todo o Brasil o quinto e último volume da coleção The Legend of Zelda Perfect Edition, os mangás oficiais da Nintendo escritos e desenhados por Akira Himekawa. Confira a seguir o nosso review de Four Swords, o livro final da série! 


Veja também:


Também gravamos um tour em vídeo pelo livro, que você pode assistir pelo link acima, cortesia do nosso canal parceiro Aquele Cara

Curiosamente, embora o jogo original (lançado como bônus da versão de Game Boy Advance de A Link to the Past em 2002) tenha uma das histórias mais simples e curtas da franquia, sua trama inspirou um livro inteiro, algo que só aconteceu anteriormente com Ocarina of Time nas Perfect Editions.

Todos os outros jogos, como Majora’s Mask ou The Minish Cap, ocuparam metade de um volume cada, então dava até para imaginar que a trama de Four Swords corria o risco de estar muito artificialmente esticada para gastar as mais de 340 páginas do mangá. No entanto, o que acontece é justamente o oposto, e talvez este seja um dos melhores roteiros de toda a saga!

Akira Himekawa-sensei habilmente se aproveita de todas as possibilidades narrativas nascidas da divisão de Link em um herói com quatro corpos, dando uma personalidade distinta para cada uma de suas cores de roupa. Mesmo em preto e branco, os personagens são tão expressivos que fica fácil saber quem está falando ou lutando apesar das limitações de tons.

Neste livro também temos o melhor antagonista dos cinco mangás, o Shadow Link. Sem entrar em maiores spoilers, ele é certamente o personagem que tem seu lado psicológico melhor trabalhado, e é gratificante acompanhar toda a sua jornada. Da mesma forma, é uma delícia ler os extras presentes no fim do livro, onde temos mais uma rodada de entrevista com as autoras e Eiji Aonuma, o cabeça da franquia.

Bem acabado tanto em sua apresentação (mais uma vez ganhamos um marcador de páginas temático, temos uma lombada padronizada e orelhas bonitas) como na revisão e diagramação dos textos, o mangá faz valer facilmente o seu preço de R$ 29,90 para qualquer fã da aclamada franquia da Nintendo.

[rwp-review id=”0″]

Related posts

Nintendo revela quais os jogos mais baixados do Switch

Luciana Anselmo

Evento do Fancy Pattern Vivillon já está disponível em Pokémon X & Y

Rodrigo Estevam

My Hero Academia | Spin-off School Briefs chegará aos EUA em 2019

Thomas Schulze