fbpx
Conecte-se conosco.

Críticas

Testamos Wolfhunter, a nova DLC de Elder Scrolls Online

Conheça mais sobre o novo DLC de Elder Scrolls Online focado totalmente em lobisomens e com duas dungeons inéditas!

Publicados

on

Como esperado pelos fieis fãs de Elder Scrolls Online, mais um DLC foi liberado recentemente no PC, Xbox One e PlayStation 4. O pacote Wolfhunter trouxe mais conteúdo para aqueles gostam do lore envolvendo os lobisomens da franquia e Hircine, seu respectivo príncipe Daedric.


Veja também:


Assim como os DLCs menores que são lançados ao longo do ano, Wolfhunter traz duas dungeons inspiradas no tema de lobisomens: March of Sacrifice e Moon Hunter Keep. Esse acaba sendo o maior destaque, mas também há novas roupas, casas, itens especiais, conquistas e dois sets de armaduras e armas.

Atualmente, o pacote de conteúdo pode ser aproveitado pelos assinantes ESO+ (que dá acesso a todo os DLCs para membros ativos) ou por quem quiser comprá-lo definitivamente por 1500 Crowns (moeda do jogo que pode ser adquirida com dinheiro real).

Como a maioria dos pacotes lançados até agora, Wolfhunter pode ser bem divertido tanto para os jogadores antigos como os novatos, afinal, as dungeons do game são uma de suas partes mais interessantes. Este também é um dos tipos de conteúdo mais requisitados pelos fãs, já que as dungeons contam com monstros inéditos, mecânicas complexas e exigem estratégias em equipe.

Só que isso não é tudo. Qualquer fã de Elder Scrolls Online sabe que os desenvolvedores sempre colocam histórias bem detalhadas e missões dentro dessas dungeons. No caso, isso é opcional e pode ser ignorado, mas adiciona uma camada bem mais interessante e dá propósito ao que você faz lá.

elder scrolls online

A ambientação dos dois também é bem distinta, felizmente. Enquanto March of Sacrifice tem visual lindo, parecendo uma grande floresta aberta e cheia de animais em forma de espirito, Moon Hunters Keep é mais tradicional e te coloca no interior de um castelo.

Como as dezenas de outras dungeons no game, é possível jogar no modo normal ou veterano (com direito a um modo difícil especial para os chefes finais). Vale lembrar que os dois locais novos permitem no máximo 4 jogadores ao mesmo tempo.

eso wolfhunter

O conteúdo em si não é tão diferente do que vimos anteriormente a maioria das criaturas e chefes dependem de mecânicas específicas para serem derrotadas. Isso torna cada dungeon mais desafiante nas primeiras vezes e pode ser bem divertido de descobrir quais são essas mecânicas com um grupo de amigos ou pessoas da sua guilda, por exemplo.

O melhor é que junto com o DLC, veio uma atualização gratuita com outras novidades para todos os jogadores. O update adiciona o Istirus Outpost no game, um novo mapa no modo Battlegrounds, e algumas mudanças na linha de habilidades dos lobisomem. No geral, é um pacote bem interessante para quem já fez boa parte das dungeons normais do game e procura por algo diferente para se fazer em grupo.

Compartilhe

Comentários

Críticas

Crítica: The Ninja Saviors: Return of the Warriors chega aos consoles com esplendor

Depois de mais de 25 anos, os ninjas robóticos estão de volta, prontos para acabarem com a tirania que assola o mundo

Publicados

on

The Ninja Saviors é um clássico lançado para Arcade em 1987 e posteriormente sendo portado para Super Nintendo em 1994.

The Ninja Saviors: Return of the Warriors é um remake desse side-scrolling e, como era padrão dos jogos antigos, esse game não está para brincadeira.

O jogo vai requerer muitas horas de dedicação porque a aventura não é brincadeira!

A tirania começa

Para começar, no ano de 1993, Banglar, o presidente dos Estados Unidos, aciona uma lei marcial fazendo com que os militares controlem tudo no país. A população acaba se anestesiando, como se houvesse uma lavagem cerebral e vivem em tal condição até que cientistas rebeldes tentam de tudo para lutar contra essa tirania, criando três robôs ninjas com um único objetivo: acabar com Banglar e o seu reinado de terror.

Os robôs são nomeados como Ninja, o grandão com nunchako; Kunoichi, a ninja equilibrada com suas facas; e Kamaitachi, que apesar de rápido, é mais fraco e utiliza suas correntes com lâminas. Cada personagem tem uma jogabilidade diferente, permitindo novos combos, habilidades diferentes e até mesmo estratégias alternativas para avançar no jogo.

Mais difícil do que parece…

Para começo de conversa, o game começa bem simples, com aquele clássico estilo de side-scrolling beat’em’up, dando porrada em quem vier pela frente. Até chegar o primeiro chefe, que é duro na queda, e é ai que o jogo começa a mostrar suas verdadeiras cores.

Os inimigos de campo são bem simples, na verdade. A maioria deles cai com um soco ou com um combo, o problema real é a quantidade em que eles vem para te encher de porrada. A dificuldade começa quando os inimigos com armas de fogo aparecem no cenário, então corra para eliminá-los antes dos outros.

Já os chefes são bem complicadinhos, cada um tem uma sequência de golpes e métodos diferentes de como derrotá-los. Por exemplo, o primeiro é bem básico, sendo defesa e ataque nos momentos certos. Lá pra frente, você já encontra um chefe que fica invisível ou até mesmo que teleporta.

A dificuldade escala bem mas, com prática, você consegue dominar cada um dos adversários. Porém, tenho que ser sincero: o último chefe foi o único que não consegui derrotar, pois a estratégia é jogar os inimigos em cima dele, o que é um pouco complicado com todos os ataques vindo de vários lugares diferentes.

Vale a pena lembrar que, por questão da programação do jogo, você pode tirar vantagem contra os inúmeros inimigos da tela. Por exemplo, ao agarrar e arremessar um inimigo ou objeto, seu personagem fica invencível por um período durante a animação, ou até mesmo no fim do combo de um ataque. Quando isso acontece, qualquer golpe inimigo passa direto por você.

Uma coisa que me incomodou durante a jogatina foi ver que, mesmo sendo robôs ninjas, os heróis são mais lerdos que os inimigos. Não existe a possibilidade de correr, salvo quando joga com Ninja que, já que ele não pula, o botão de pulo vira um dash. Então, nada de dar dois toques para uma direção e fazer seu personagem correr.

Em compensação, existe uma variedade enorme nos ataques que cada um pode realizar. Além da sequência de golpes parado, você pode fazer ela agachado, e também existe uma habilidade que todos possuem: a bomba. Ela destrói a maioria dos inimigos de uma só vez e, como a explosão pega a tela inteira, é muito boa para controlar a multidão. Para poder utilizar esse golpe especial você precisa carregar a barra que fica abaixo da tela, mas ela não serve só para isso. Ao segurar o direcional para cima, você pode gastar um pouco da barra para usar o golpe especial.

Uma última coisa e um pequeno detalhe que não torna o jogo mais difícil (brincadeira, torna sim), é que ao jogar, você conta apenas com uma vida e, tomar muita porrada e ainda assim, passar de fase, você recupera uma fração dela para o próximo estágio.

… e mais bonito do que aparenta

Por ser um grande clássico da década de 90, The Ninja Saviors: Return of the Warriors decidiu ficar com o estilo de 16-bits, e faz isso de uma forma magnífica, com belas animações, e cenários. Além da trilha sonora que acompanha a adrenalina de hordas e hordas de inimigos enfrentados no caminho. Se você é um fã do estilo retro, com certeza vai amar jogar esse jogo.

Por mais que existam apenas 7 cenários, o game traz grandes desafios para o jogador. E se estiver passando por dificuldades, existe a possibilidade de jogar um co-op com um amigo no sofá ou online. Acredito que, depois de fechar o game, é capaz de liberar mais dois novos personagens. Eles estão no manual do jogo, mas não são jogáveis logo de cara.

The Ninja Saviors: Return of the Warriors é um excelente jogo, apresenta uma dificuldade ótima para desafiar o jogador, co-op com os amigos e, apesar de ser um jogo rápido, vai render muita diversão para você e seus amigos!

The Ninja Saviors: Return of the Warriors
8 Nota
0 Leitores (0 Notas)
Prós
  • Co-op local e online
  • Vários personagens com
    jogabilidades diferentes
  • Ótimos gráficos
  • Jogabilidade fácil
  • Estratégias para cada chefe
Contras
  • Invencibilidade
    em certos movimentos
  • Não tem dash para correr
Avaliação
The Ninja Saviors: Return of the Warriors é um game que traz tudo que existia nos anos 90 de bom, com belos gráficos retro, jogatina frenética e dificuldade elevada, além do clássico cooperativo de sofá com os amigos.
O que as pessoas acharam... Deixe a sua avaliação!
Sort by:

Be the first to leave a review.

User Avatar
Verified
{{{ review.rating_title }}}
{{{review.rating_comment | nl2br}}}

Show more
{{ pageNumber+1 }}
Deixe a sua avaliação!

Continue lendo

Críticas

EaseUS: uma ferramenta fácil para realizar backup de todo seu sistema

Conheça a EaseUS Todo Backup Home, uma ferramenta que vai te permitir criar backups de arquivos e dados no seu computador de maneira rápida e fácil

Publicados

on

Todo mundo, um dia, já precisou realizar backups do seu computador inteiro, seja para formatar, por ter comprado outro disco rígido ou equipamento. Também existem aqueles que já tiveram a infelicidade de perder arquivos importantes durante esse processo, ou por não saber realizar um backup, ou por ter o armazenamento corrompido. Muitos dos arquivos no nosso computador acabam sendo trabalhos, jogos, arquivos que não queremos perder de jeito nenhum, não é mesmo?

Todos estamos sujeitos a essas mudanças cedo ou tarde, muitas vezes sendo necessário gastar algum dinheiro para solicitar alguém para realizar tal tarefa ou perdendo horas e horas organizando os arquivos para o backup. Com a EaseUS Todo Backup Home, a situação fica muito mais fácil de controlar, dando maior segurança para que realizemos backups e transferências desses arquivos sem que nenhum documento ou aquele save de 100 horas de jogo sejam perdidos no limbo.

O Backup mais fácil que você fará

Para aqueles que tem dificuldade ou que sabem realizar backups mas demoram pois existem milhares e milhares de arquivos para serem salvos, com a EaseUS Todo Backup Home esse processo se torna mais simples e prático.

Logo, ao abrir o programa, você já se depara com algumas ações que a ferramenta fornece. Alguns deles são bem didáticos, e só pelo nome você já tem uma ideia do que cada um faz. Mas, para tirar aquela dúvida, vamos detalhar aqui cada item.

  • Backup de Disco/Partição: Faz o backup completo da unidade de disco desejada, seja a C ou qualquer outra que você tenha no seu PC;
  • Backup do Sistema: Isso mesmo, ele faz o backup do sistema operacional;
  • Backup do Arquivo: Como o nome já diz, realiza o backup dos arquivos do computador. Esse é mais para caso você queira salvar alguma pasta específica ao invés do PC inteiro;
  • Backup de Email: Para quem utiliza as ferramentas de e-mail armazenadas no PC, ele realiza o backup desses arquivos de mensagens eletrônicas;
  • Backup Inteligente: Esse é um backup que você pode selecionar tudo que deseja salvar, arquivos, sistema operacional, e-mail e por aí vai;
  • Clonar: Ele migra ou copia dados dos arquivos do disco rígido para outro armazenamento, seja pendrive, HD externo ou até mesmo outra partição;
  • Clone do Sistema: Ele copia os dados do sistema operacional para outro armazenamento, gerando uma cópia idêntica.

Como pode ver, o programa é bem completo e requer poucos cliques para realizar o backup. Porém, vale a pena lembrar que também é necessário ter espaço em disco para que o programa possa armazenar esse backup.

Fácil, porém requer atenção

É importante que você tenha atenção na hora de realizar o backup o tempo todo. Como padrão, a ferramenta vem selecionando todos os arquivos, quando se trata do Backup de Arquivos. É necessário remover a seleção dos arquivos e também das pastas que você não deseja clonar, assim nenhum arquivo que você considera desnecessário entrará nesse backup.

Em um teste que realizei, não me atentei ao realizar o backup de uma pasta com 4MB de arquivos, gerando um arquivo de mais de 6GB. Quando percebi, foi porque havia selecionado uma grande quantidade de arquivos (todo o meu desktop mais arquivos encontrados em outras pastas) sem perceber. Sendo assim, ao realizar um segundo teste, o arquivo de backup já apareceu com o mesmo tamanho da pasta, e o programa realiza o processo todo com uma rapidez incrível.

Tirando esse único ponto de vir tudo ativado por padrão, a ferramenta é bem simples e prática de usar, sem a necessidade de um guia ou tutorial para que você tenha domínio sobre a ferramenta. É importante saber o que cada item do menu faz, como explicamos anteriormente, assim você poderá atender sua necessidade sem nenhum estresse. Caso ainda tenha dúvidas, a EaseUS disponibiliza um tutorial da ferramenta.

E para os games?

Claro que com esse monte de ferramenta fornecida pelo programa você também pode gravar aqueles saves de horas e horas de Dark Souls ou até mesmo dos RPGs que você gastou semanas farmando itens, níveis e afins. É garantia de segurança para que não se perca nada quando for atualizar seu sistema operacional, utilizar novas plataformas, ou até mesmo quando comprar um PC novo.

EaseUS Backup Todo Home é a ferramenta perfeita para você que quer salvar todos os arquivos e garantir a segurança deles em um backup completo, simples e rápido, sem a necessidade de ter conhecimentos absurdos em como realizar tais ações. E como todo programa da EaseUS, você pode baixar a versão gratuita do programa e testar. Você vai ver como fazer backup, agora, é muito mais fácil.

Continue lendo

Críticas

The Elder Scrolls Online: Scalebreaker é desafiador na medida certa

Dando continuidade à “Season of the Dragon”, pacote de DLC com duas dungeons inéditas acrescenta boas horas de desafio ao MMORPG.

Publicados

on

The Elder Scrolls Online tem chamado bastante atenção para si em 2019. O MMORPG da Bethesda em parceria com a Zenimax Studios tem recebido diversas atualizações e conteúdos adicionais que giram em torno de uma mesma narrativa: o retorno dos dragões à Tamriel. Em agosto, recebemos o segundo DLC que dá continuidade à saga “Season of the Dragon” com duas dungeons inéditas. Senhoras e senhores, está entre nós The Elder Scrolls Online: Scalebreaker.


Veja também:


Scalebreaker segue a narrativa iniciada com o DLC Wrathstone em Março, seguido da expansão Elsweyr em junho, que apresenta o retorno dos dragões ao mundo de Tamriel e as consequências disso. No novo DLC, estão presentes duas novas dungeons: Moongrave Fane e Lair of Maaserlok. Além de novos itens e e conteúdos exclusivos. Mas vamos falar com calma de tudo isso nessa matéria completa.

A Sepultura da Lua

Se The Elder Scrolls Online é bom em alguma coisa, isso é contar histórias. A Zenimax consegue um trabalho estupendo imaginando as mais controversas situações que acontecem por trás de uma história aparentemente simples, direta e superficial. O enredo por trás da dungeon Moongrave Fane é um bom exemplo disso. Nela você enfrentará vampiros do clã Hollowfang que aprisionaram um dragão para tentar drenar sua vida.

Logicamente isso não será uma tarefa simples. Mas só pelo enredo já nos passa uma quebra gostosa de enredo do que normalmente temos visto até então nos conteúdos da “Temporada dos Dragões”. Assim, a dungeon nos leva até às profundezas das ruínas de um templo Khajiiti abandonado, onde o clã Hollowfang conseguiu subjugar um dragão e agora o mantém como prisioneiro. A surpresa aqui vem de um ex-membro da Guarda do Dragão que ajuda o clã de vampiros numa tentativa de sugar a vida do ser dracônico.

Mas chegar até o dragão capturado e os líderes dos vampiros é uma tarefa, no mínimo, árdua. E é aí que temos um dos maiores pontos positivos dessa dungeon: seu nível de desafio. Isso porque, além dos já esperados vampiros e outras monstruosidades defensoras do tempo, Moongrave Fane também apresenta um novo recurso para puzzles: rochas cúbicas deslizantes.

Porém, ao contrário do que a maioria pode pensar, os cubos gigantes não são feitos apenas para abrir e fechar portas durante a exploração da masmorra. Na verdade, boa parte dos bosses dessa masmorra utilizam alguma mecânica que envolve usos criativos desses blocos, o que dá mais dinamicidade e um ar de criatividade para às lutas. Fugindo um pouco do tradicional “apertar vários botões” para realmente pensar sobre o que estamos enfrentando.

Por fim, temos uma luta final contra o próprio Grundwulf, ao lado do dragão caído, muito criativa. Claro que este texto é livre de spoilers, mas saibam que o embate faz juz ao cuidado que a Zenimax possui em fazer com que o jogador vivencie de fato a história que está sendo contada ali, o que é excelente.

O Covil de Maarselok

Como falamos no início do texto, Moongrave Fane não é a única dungeon presente no conteúdo adicional de Scalebreaker. Assim, chegamos na dungeon que podemos considerar como o “carro-chefe” do DLC: Lair of Maaserlok. No enredo desta missão, um grande dragão acordou e os defensores de Grahtwood lutam para impedir que a estranha corrupção que emana da criatura ameace suas terras.

O interessante é que o despertar de Maaserlok foi diretamente influenciado pela libertação dos dragões dos Salões do Colosso, evento que deu início à saga do chapter Elsweyr. Aqui, o dragão corrompido desperta nas profundezas das montanhas da fronteira leste de Grahtwood. Com fome e vingança, a terrível fera destruiu a selva das redondezas e sua corrupção ameaça uma das raízes da Elden Tree.

Não conseguindo lidar com o monstro por conta própria, os Elfos da Floresta procuraram aliados para resolver o problema da corrupção e, quem sabe, terminar de uma vez com as ameaças do poderoso dragão. O design dessa masmorra é bem interessante e belo, mostrando um mundo natural em decomposição por influência do dragão corrompido. Inclusive ela faz parte de uma das principais mecâniccas da dungeon, que mantém os jogadores em constante alerta.

Assim, o principal adversário na progressão da masmorra é a própria corrupção de Maarelok, que afeta animais, plantas e o terreno em si, criando desafios surpreendentes em alguns momentos da jogatina. Entretanto, uma outra expedição de aventureiros que foi para lá antes da sua também fora corrompida e, para libertá-la, será preciso enfrentar todos os membros da equipe, o que pode se mostrar uma tarefa desafiadora.

O próprio Maarselok funciona como um boss dividido em três embates diferentes. Você não enfrentará e vencerá ele em apenas uma luta. Na verdade, por boa parte da jogatina dessa dungeon você precisa persegui-lo. Isso é interessante pois quebra o ritmo tradicional da maioria das dungeons do jogo, com o boss final aparecendo literalmente na última parte da masmorra. Entretanto, isso também deixou a narrativa da dungeon um pouco mais arrastada, o que pode desagradar alguns.

Conteúdo simples, mas de primeira

The Elder Scrolls Online: Scalebreaker vem para continuar a narrativa do retorno dos dragões à Tamriel, mas também ajuda com uma quebra de narrativa gratificante para a história. Não são simplesmente os mesmos dragões de Elsweyr que estão em situações específicas em Scalebreaker. Na verdade, aqui vemos algumas nuâncias das consequências do que aconteceu em Elsweyr, o que enriquece bastante a história.

Em termos práticos, as dungeons tem seu quê de criatividade e inovação, ao mesmo tempo que apresentam sets de armaduras inéditos e um nível de desafio gratificante. Nada tão punitivo como o que já ocorreu em outras dungeons do jogo, mas também nada didático demais que não obrigue os jogadores a pensarem estratégias bem boladas para superar os desafios.

Muitas vezes, o que pode atrapalhar bastante é a própria visibilidade de algumas lutas. Já que muitos inimigos, tanto em Moongrave Fane como em Lair of Maarselok possuem habilidades em área que literalmente segam o jogador durante os combates. Mas tudo se encaixa muito bem num conteúdo extra opcional de ótima qualidade e que dá um gostinho a mais da história por trás do retorno dos dragões e, principalmente, do retorno da Guarda do Dragão.

The Elder Scrolls Online: Scalebreaker
9 Nota
0 Leitores (0 Notas)
Prós
  • Criatividade
  • Mecânicas inéditas
  • Nível de desafio
  • Narrativa
Contras
  • Visibilidade
  • Ritmo
Avaliação
The Elder Scrolls Online: Scalebreaker continua com proeza a narrativa da Temporada do Dragão. Com duas dungeons bem desafiadoras e cheias de mecânicas criativas, o pacote de DLC consegue oxigenar a narrativa do retorno dos dragões com um conteúdo curto de ótima qualidade.
O que as pessoas acharam... Deixe a sua avaliação!
Sort by:

Be the first to leave a review.

User Avatar
Verified
{{{ review.rating_title }}}
{{{review.rating_comment | nl2br}}}

Show more
{{ pageNumber+1 }}
Deixe a sua avaliação!

Continue lendo

Newsletter

Últimas notícias

Games1 hora atrás

Pokémon Sword and Shield | Formas Gigantamax da 1ª geração divulgadas

As inéditas formas gigantescas de Pokémon Sword and Shield irão afetar alguns Pokémon da primeira geração também, como Pikachu, Charizard...

Games1 semana atrás

The Outer Worlds | Jogo terá legendas em português e cópias físicas

Game de RPG espacial será lançado em 25 de outubro para PlayStation 4, Xbox One e PC.

Games1 semana atrás

PlayStation 5 | Console será lançado no final de 2020

As informações vieram oficialmente do próprio Jim Ryan, CEO da divisão de games da Sony, garantindo que o PS5 chegará...

Games1 semana atrás

Trover Saves the Universe | DLC gratuito já está disponível

DLC Trover’s Important Cosmic Jobs já está disponível de forma gratuita para PC e PS4.

Games3 semanas atrás

Fortnite | Todos os desafios da Missão Na Mosca

Veja todos os desafios e recompensas da Missão Na Mosca da Semana 9 da Temporada X de Fortnite Battle Royale

Games3 semanas atrás

PlayStation Plus | Jogos gratuitos de outubro revelados

The Last of Us Remastered estará disponível juntamente com MLB The Show 19 para os amantes de esportes.

Games3 semanas atrás

The Last of Us Part II | Jogo ganha data de lançamento

A espera acabou! Ou pelo menos tem data para acabar. No evento de divulgação interno batizado de State of Play,...

Games3 semanas atrás

Batman | Novo jogo pode estar em desenvolvimento

A Warner Bros. Montreal, estúdio responsável por Batman Arkham Origins, solta dicas de que um novo game do morcego pode...

Games4 semanas atrás

Fortnite | Todos os desafios da Missão Góthico

Veja todos os desafios e recompensas da Missão Góthico de Fortnite Battle Royale

Games4 semanas atrás

Fortnite | Todos os desafios da Missão Pilotos da Tempestade

Veja todos os desafios e recompensas da Missão Pilotos da Tempestade da Semana 8 da Temporada X de Fortnite Battle...

Games4 semanas atrás

Fortnite | Veja o que mudou com o Patch v.10.31

Veja todas as novidades da atualização v.10.31 de Fortnite que traz mudanças, melhorias e correções para os modos Salve o...

Games4 semanas atrás

Pokémon Sword and Shield | Evolução de Farfetch’d divulgada

Batizado de Sirfetch'd, a evolução do "pássaro do alho poró" da primeira geração vem com mudança de tipo e exclusividade.

Games1 mês atrás

Fortnite | Todos os desafios da Missão Vira-Verão

Veja todos os desafios e recompensas da Missão Vira-Verão de Fortnite Battle Royale

Games1 mês atrás

Fortnite | Todos os desafios da Missão Espírito de Equipe

Veja todos os desafios e recompensas da Missão Espírito de Equipe da Semana 7 da Temporada X de Fortnite Battle...

Games1 mês atrás

Trover saves the Universe | Game terá DLC grátis em outubro

Cosmic Jobs é o nome do DLC do jogo feito pelo criador de Rick and Morty.

Em alta