Image default
Cinema Especial

Top 6 filmes indicados pelo PlayReplay

O aniversário de seis anos do PlayReplay está chegando, e por isso a gente preparou uma série de listinhas com indicações para você, leitor, conferir alguns dos nossos jogos, filmes e séries favoritas, por exemplo.

Top 6 Filmes mais indicados pelo PlayReplay

Essa segunda lista é, mais uma vez, formulada pela dupla Rodrigo e Vargolino, e agora a gente compartilha com você seis filmes (ou séries de filmes) que a gente gosta!

Vale reforçar mais uma vez que, mesmo sendo um Top 6, essa lista não é realmente um ranking. Apenas reunimos seis títulos que a gente adora, então ordem dessa listinha não importa!

#6 – O Senhor dos Anéis

O Senhor dos Anéis

A série de filmes que não apenas renovou o gênero fantasia medieval, mas também inovou bastante o mundo cinematográfico com vários efeitos especiais que até hoje deixam a gente de queixo caído.

A trama da trilogia gira em torno de uma Sociedade formada para destruir o poderoso Um Anel, criado por Sauron para tomar controle da Terra-média. Ao longo dos três filmes, acompanhamos as aventuras de Frodo, Sam, Aragorn, Legolas e Gimli, cada um com suas motivações e ideais, percorrendo quilômetros e quilômetros para concluir seus objetivos.

É preciso dar ênfase aqui ao visual de toda a trilogia O Senhor dos Anéis: os filmes são lindos de doer. Cada cena, cada ângulo, cada enquadramento, tudo é feito para tornar a experiência simplesmente épica. Some isso a caracterizações de personagens fantásticas, com maquiagem, próteses, vestimentas e até mesmo CGI aplicados para tornar tudo bem realista, ainda que em um mundo de fantasia.

E a trilha sonora? Ah, a trilha sonora! Até hoje os pelos do braço ficam arrepiados quando toca a música tema de O Senhor dos Anéis!

#5 – Homem-Aranha

Homem-Aranha

Dirigido por Sam Raimi e estrelado por Tobey Maguire, Homem-Aranha apresentou uma versão do amigão da vizinhança atualizada para uma nova geração de fãs. Peter Parker, um nerd inteligente com dificuldades de se enturmar acaba sendo picado por uma aranha geneticamente modificada durante uma excursão escolar.

Essa experiência resultou na alteração de seu DNA, dando ao rapaz poderes sobre-humanos como a capacidade de grudar em superfícies, disparar teias pelos pulsos, incrível força e a habilidade de pressentir o perigo. Peter decide, então, usar seus novos poderes para… ganhar dinheiro, é claro! Mas essa brincadeira acaba dando errado quando, por conta de sua irresponsabilidade, o tio de Peter é assassinado.

“Grandes poderes trazem grandes responsabilidades,” já dizia o falecido Tio Ben. E é com isso em mente que Parker decide usar suas habilidades para combater o crime e proteger Nova York.

Um verdadeiro clássico, o filme conta com uma história bastante interessante, com uma abordagem mais atual, e os efeitos especiais ainda parecem muito bem feitos mesmo levando em consideração que o filme foi lançado em 2002.

#4 – Matrix

Matrix

Mais uma trilogia para a nossa lista, Matrix aborda a ideia de que a vida que vivemos é, na verdade, uma ilusão criada por uma simulação controlada por máquinas. O mundo que conhecemos não é real, e a realidade é totalmente terrível e brutal: quase toda a humanidade está presa na Matrix, a simulação criada por robôs, e os poucos que conseguiram sair agora lutam para libertar as pessoas presas no mundo virtual.

Matrix acompanha Neo, um hacker que acaba sendo recrutado pelo grupo de Morpheus, uma misteriosa figura que lhe oferece a opção de conhecer a verdade sobre o mundo. E quando aceita, a realidade bate forte no protagonista, que luta para acreditar no que seus olhos lhe mostram e, mais ainda, na crença de Morpheus de que Neo é ninguém menos do que O Escolhido.

E isso é um fardo e tanto. Afinal, segundo a lenda, O Escolhido é aquele capaz de enxergar por detrás da Matrix, ver a realidade por trás da ilusão. Assim, dentro da simulação, O Escolhido pode controlar o ambiente à sua volta para favorecer a si e seus companheiros, tornando-se quase invencível.

À época de seu lançamento, o primeiro filme fez bastante sucesso e deu origem a diversos produtos derivados, incluindo games e duas sequências cinematográficas. Os dois filmes seguintes foram bastante criticados, mas nem isso torna a trilogia menos digna do nosso tempo e merece ser assistida e apreciada como um todo.

Ainda mais com Matrix 4 com direito ao retorno do adorado Keanu Reeves vindo aí…

#3 – O Homem de Aço

O Homem de Aço

Um dos filmes mais subestimados do gênero de super-heróis, O Homem de Aço reconta a história de Kal-El, um bebê kryptoniano enviado por seus pais para a Terra pouco antes da explosão de seu planeta natal. Adotado pelos Kent e rebatizado como Clark, o jovem cresce aprendendo a controlar seus poderes enquanto se mantém escondido entre a humanidade.

A nova abordagem tomada pela Warner Bros. foi um tanto controversa. À época, o estúdio estava mais do que satisfeito com a trilogia do Batman, dirigida por Christopher Nolan. A pegada “pé o chão” agradou bastante o público, e a WB achou que poderia fazer algo semelhante com o azulão.

E assim surgiu O Homem de Aço, filme dirigido por Zack Snyder, que teve a missão de atualizar o maior super-herói de todos os tempos para os dias atuais visando alcançar tanto sucesso quanto os filmes do Batman. Uma tarefa nada fácil, convenhamos.

Snyder fez um bom papel, conseguindo entregar uma versão do herói que se encaixa bem nos padrões atuais da sociedade, com batalhas frenéticas e brutais, um vilão extremamente profundo e uma trama bem interessante e estruturada.

Mas por se tratar do maior ícone de justiça e esperança do mundo dos quadrinhos, a fórmula do filme acabou não funcionando pra todo mundo e o filme ainda hoje não é exatamente o favorito entre os fãs do gênero.

O título, porém, foi o responsável pela revitalização do Universo DC nos cinemas e o surgimento do DCEU, o universo cinematográfico compartilhado da editora de HQs pelas mãos da WB. O Homem de Aço abriu as portas para o aclamado Batman de Ben Affleck, para a adorada Mulher Maravilha de Gal Gadot e o surpreendentemente divertido e interessante Aquaman de Jason Momoa.

#2 – O Poderoso Chefão

O Poderoso Chefão

A trilogia O Poderoso Chefão nos joga de cabeça no mundo da máfia. O primeiro filme da série, dirigido por Francis Ford Coppola, nos apresenta a Don Vito Corleone, um mafioso que se esforça para estabelecer sua rede nos Estados Unidos pós-Segunda Guerra Mundial.

Com interpretações de primeira categoria, contando com figuras lendários do cinema como Marlon Brando e Al Paccino, O Poderoso Chefão conta uma história de ascenção. Quando Don Vito Corleone já não mais pode encabeçar a máfia, cabe a seus filhos Sonny e Michael tocar os negócios da família.

Os dois primeiros filmes são mais focados na trama mafiosa, com todas as intrigas entre famílias, enquanto o terceiro parte para uma abordagem mais “filme de ação”, mas ainda assim a trilogia é até hoje uma das mais cultuadas e conhecidas da história de Hollywood.

#1 – Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith

Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith

Descrever Star Wars: Episódio 3? Isso vai ser fácil! Grandiosa e um sucesso na época de seu lançamento, pouco depois a trilogia prequel de Star Wars foi considerada por muitos como motivo de piada… até que, em um movimento inesperado, foram recentemente elevados ao patamar de filmes cult.

Embora os diálogos sejam bobos, na maioria das vezes quase engraçados, e a “direção” de George Lucas não ajude muito a direcionar os atores em suas atuações, Episódio III é o melhor dos três filmes da trilogia prequel por vários motivos — e o meu favorito por um motivo em especial. “Por causa do Obi-Wan?,” você me pergunta. E, bom, a resposta é “também.”

Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith tem forte ênfase na dupla de protagonistas Obi-Wan Kenobi e Anakin Skywalker, mestre e aprendiz, em sua luta contra a crescente ameaça dos Sith. O problema é que a ameaça estava mais perto do que eles imaginavam e o Chanceler, grande amigo de Anakin, era na verdade Darth Sidious, um lorde Sith. E é em Episódio III que presenciamos a queda do cavaleiro Jedi Anakin Skywalker para o lado sombrio, tornando-se o lendário Darth Vader.

Ok, o filme é um festival de CGI, com quase tudo filmado em tela verde, os diálogos são clichê, previsíveis e até causam um pouco vergonha alheia aqui e ali, mas a ação de A Vingança dos Sith e o climax do filme são inegavelmente Star Wars em sua mais pura essência.

E também tem os memes, né. Ah, os memes…

"Eu odeio areia. É áspera, incomoda..." (via Seu Darth)
“Eu odeio areia. É áspera, incomoda…” (via Seu Darth)

Related posts

The Witcher | Assista agora ao teaser trailer da série da Netflix

Rodrigo Estevam

Monster Hunter World | Como pegar a armadura de Aloy, de Horizon Zero Dawn

Thomas Schulze

Shenmue 3 | Confira os requisitos mínimos do jogo no PC

Luciana Anselmo