Image default
Cinema Últimas Notícias

Dança das cadeiras na Warner pode gerar mudanças no rumo dos filmes da DC

Tenha você gostado ou não de Batman vs Superman, a verdade é uma só: o filme, que contava com os dois maiores ícones da DC Comics e personagens de imensa importância para o mundo dos quadrinhos, rendeu menos do que o esperado. Lançado em março, BvS ainda não arrecadou 870 milhões de dólares, enquanto Capitão América: Guerra Civil, da rival Marvel, em menos da metade deste tempo já caminha rumo à marca de 1 bilhão de dólares de bilheteria global.

Recebido friamente por boa parte de crítica e público, Batman vs Superman parece ter se tornado o responsável por uma verdadeira dança das cadeiras na Warner. A produtora reformulou sua estrutura, direcionando duplas criativas para cuidar de cada gênero dos filmes lançados pelo estúdio — incluindo nessa brincadeira os filmes baseados em personagens da DC Comics. A informação é do Hollywood Reporter.

batman-vs-superman-trindade-playreplay

Antes encabeçado por Zack Snyder, que ocupava o posto de figurão do Universo Expandido da DC nos cinemas, sendo o responsável por ditar o visual e o clima dos filmes da editora de quadrinhos, o gênero “super-heróis” da Warner ficará agora sob a tutela de Geoff Johns e Jon Berg, responsável pelo setor criativo da DC Comics e Vice-Presidente Executivo da Warner, respectivamente.

Os dois têm a missão de “adaptar” o sucesso da Marvel nos cinemas, e a dupla escolhida para lidar com os filmes de heróis do estúdio parece acertada, principalmente no que diz respeito a adaptar histórias em quadrinhos. Afinal, Johns é o grande nome da DC atualmente, sendo responsável por arcos de histórias memoráveis e, mais recentemente, vem encabeçando a reestruturação das publicações da editora com o reboot Rebirth, que chega às bancas norte-americanas em breve. Ele também ajudou a moldar o universo de séries de TV da DC, com sucessos como The Flash, Arrow e Legends of Tomorrow.

the-flash-capa-playreplay

Berg já vem trabalhando com os filmes da editora, tendo participado da produção de Batman vs Superman, Esquadrão Suicida e Mulher-Maravilha, estes últimos ainda não lançados. O executivo também tem bom relacionamento com Ben Affleck, que também subiu de nível recentemente ao ser “promovido” a produtor do filme da Liga Justiça além de estrelar, dirigir e roteirizar o próximo Batman.

Ainda segundo o Hollywood Reporter, a Warner estaria trabalhando para suavizar o filme do Esquadrão Suicida. Segundo a reportagem, os executivos ficaram satisfeitos com a reação do público aos trailers do longa estrelado por vilões da DC Comics e, como o filme tem potencial para mudar a percepção do público em relação aos filmes da editora, estão planejando entregar uma experiência cinematográfica que exceda as expectativas dos espectadores.

Tal afirmação vai de encontro com os boatos de que as refilmagens pelas quais o filme passou seriam para adicionar mais humor à trama, fato que à época DC e Warner trataram de negar.

Esquadrão Suicida chega aos cinemas brasileiros em 04 de agosto deste ano. Já Mulher Maravilha chegou ao final do período de filmagens recentemente e tem previsão de lançamento para junho ano que vem, enquanto Liga da Justiça deve chegar em novembro de 2017.

Related posts

WiFi Ralph | Confira o novo trailer do desenho da Disney

Thomas Schulze

Dragon Ball Super | Confira o novo pôster do filme

Thomas Schulze

Thomas Lá, Dá Cá #13: O que espero ver no próximo Star Trek

Thomas Schulze