Image default
Séries

Universidade Galesa está estudando a longevidade de Monty Python

E agora, para algo completamente diferente… a Prifysgol Aberystwyth University (Não é uma piada do Python nem erro de digitação, o nome é esse mesmo) tomou uma iniciativa bem interessante e inusitada. Conforme apurado pela BBC, os galeses começaram uma pesquisa de campo a fim de entender a longevidade do humor de Monty Python.

“Claramente, mais de 50 anos depois (da estreia de Flying Circus) a popularidade de Monty Python não para de crescer”, explica Kate Egan, a líder do projeto. “O que é que diferentes pessoas lembram e valorizam mais em suas interações com os Python, seja na televisão, cinema, no palco ou ouvindo um disco? Não importa se as pessoas os amam, gostam, se divertem ou se irritam com eles; se sua visão mudou ou seguiu a mesma com o passar dos anos; se os descobriu em 1969 ou recentemente, eu estou interessada nos pensamentos, experiências e memórias de todos.”

https://www.youtube.com/watch?v=WlBiLNN1NhQ

Enquanto a pesquisa segue firme e forte, eu arriscaria uma resposta um tanto ousada e mirabolante para explicar a razão que tornou Python tão relevante por tanto tempo:

É engraçado pra caralho.

Related posts

Doctor Who chega ao mundo de Minecraft no Xbox 360 em setembro

Rodrigo Estevam

Monty Python | Autobiografia de Eric Idle será lançada este ano

Thomas Schulze

Interpretando o final de Sherlock pela “Teoria Doyle”

Thomas Schulze