Image default
Games Últimos Destaques

5 medidas anti-pirataria mais engraçadas dos games

A pirataria sempre foi um grande problema na indústria dos videogames, seja nos consoles ou no PC. Por causa do prejuízo que causava às empresas de games, elas tiveram que tomar medidas e colocar as tão odiadas DRMs em seus projetos. Desta forma, você precisaria de um código que só poderia ser encontrado no manual ou em outro acessório mais complexo que vinha com o jogo original. Depois vieram as DRMs que exigiam que você estivesse sempre online para jogar, como aconteceu com Sonic Mania recentemente. É claro que nada disso durava por muito tempo e os jogadores descobriam maneiras de piratear o game do mesmo jeito.

Só que isso fez com os desenvolvedores pensassem uma solução mais original para lidar com os jogadores piratas. Em vez de proibi-los de experimentar o game, por que não simplesmente fazer uma piada com eles? Por isso, hoje separamos algumas das medidas anti-pirataria mais bizarras e engraçadas do games, que você pode conferir logo abaixo!

 

5. Alan Wake

alan wake

Para começar, temos uma medida mais leve, mas que não deixa de jogar na cara do jogador que ele está usando uma cópia pirata. Além de uma mensagem no menu inicial pedindo que você compre o game original, você ainda encontrará personagens comentando o fato de estar jogando ilegalmente.

É claro que o melhor de tudo é que o próprio Alan (nosso protagonista) ganha um tapa-olho com uma caveira no centro que não pode ser removida, indicando suas atividades ilegais mais uma vez.

 

4. Serious Sam 3

Já os desenvolvedores de Serious Sam 3 não são tão bonzinhos assim. Assim que pega sua primeira arma logo no início do game, você começa a ser perseguido por um enorme escorpião vermelho. Isso continua a acontecer durante todo o game mesmo se você conseguir escapar dele, então pode esquecer seus minutos de paz. Ah sim, faltou mencionar um detalhe muito importante: esse inimigo aterrorizante é imortal, então boa sorte.

 

3. Grand Theft Auto 4

A Rockstar também gosta de pregar peças em jogadores piratas, algo visto muito bem em Grand Theft Auto 4. Ao se iniciar uma cópia ilegal do título, tudo parece bem por alguns minutos até que a câmera do jogo começa a balançar sem parar.

Isso continua ao longo do game todo, então só algum com bastante paciência e sem medo de dores de cabeça conseguiria jogar algo assim. Aliás, parabéns para qualquer jogador pirata que conseguiu fazer missões com o Nicko bêbado e com essa câmera ao mesmo tempo.

 

2. Game Dev Tycoon

O jogo indie Game Dev Tycoon ganhou um grande destaque exatamente por causa de sua medida anti-pirataria. Como os desenvolvedores já sabiam que alguém colocaria cópias piratas do game em sites de torrents, eles mesmos decidiram fazer isso. Esta versão em torrent que eles postaram tinha um elemento muito especial e que só podia ser percebido depois de algum de tempo de jogo.

Basicamente, depois de fazer alguns games, você recebia a mensagem de que seu estúdio estava indo à falência porque muitos jogadores deixaram de comprar seus jogos para experimentar cópias piratas. Além da medida virar motivo de notícia em vários sites de games, isso também fez muita gente comprar cópias legítimas.

 

1. Earthbound

Por fim, temos a medida anto-pirataria mais brutal (embora ainda seja bem engraçada) desta lista. Inesperadamente, o clássico RPG Earthbound do Super Nintendo permitia que as pessoas jogassem cópias piratas do jogo, mas com uma simples modificação: você mal podia se mover pelos cenários sem iniciar uma batalha aleatória com inimigos.

Esses combates frequentes tornavam o jogo quase impossível de tolerar, já que você levaria horas para progredir na história do game. Caso você fosse paciente o suficiente para lidar com isso e chegar até o final do game, os desenvolvedores tinham mais uma surpresa guardada. Durante a batalha final, o game trava e apaga seus dados salvos sem piedade.

Related posts

Game Dev Tycoon será lançado no Android ainda este mês

Luciana Anselmo

Carbono-14: 7 curiosidades sobre a série Mother / EarthBound

Eidy Tasaka

Game inspirado por Earthbound e Zelda será lançado em 2018

Luciana Anselmo