Image default
Críticas Música

Imagine Dragons conquista a Arena Anhembi com um showzão

“Vocês estão aqui com seus amigos? Bom, somos todos família aqui.”

Fosse dita por qualquer outra banda, a frase do emocionado vocalista Dan Reynolds poderia soar extremamente demagoga. Mas quem estava na Arena Anhembi, São Paulo, na noite do dia 18, sabe que a relação do Imagine Dragons com seus fãs brasileiros já alcançou um novo nível.

Se hoje a banda já é considerada um dos maiores e melhores sucessos do rock mundial, sua primeira visita à São Paulo, no festival Lolapalloza de 2014, ainda mostrava quatro rapazes de Las Vegas cheios de coisas para provar à platéia e a si mesmos.

A recepção calorosa dos paulistas ressonou perfeitamente com as empolgadas batidas de tambores da banda e mostrou que os garotos, na inevitável volta, já pareciam prontos para levar milhares de fãs à um grande show próprio.

Não deu outra. Agora em turnê para promover o ótimo disco “Smoke and Mirrors”, o Imagine Dragons já é uma banda madura, segura e sem medo de ser feliz com seus amigos sobre o palco.

Idolatrada com o mesmo fervor por meninos e meninas, que dividiam a plateia e mostravam que a sonoriadade tem apelo para todos os sexos e faixas etárias, a banda já mostrou a que veio logo de cara, com a empolgante “Shots”, uma das melhores canções de seu segundo álbum.

Dali pra frente foi um festival de hits e batidas contagiantes. Foi ótimo perceber o quanto o setlist soa coeso com a inclusão das faixas dos novos discos, algumas bem mais pesadas e focadas na guitarra, como “I’m so Sorry” e “Friction”, outras mais tocantes, como a bela “Dream”.

Ainda assim, não dá pra negar que as preferidas do público – que só parava de gritar as letras para exclamar “we love you!” e outros agradinhos – são mesmo os hinos de “Night Vision”. “Demons”, “On Top of the World” e, principalmente, a excelente “Radioactive” envelheceram muito bem e ainda sabem arrepiar a plateia como ninguém.

Com poucos equívocos e pontos fora da curva – como o intrigante cover de “Forever Young”, de Alphaville, que soou um tanto deslocada e quebrou o momentum do show – e a promessa de um retorno no ano que vem, o Imagine Dragons provou, de uma vez por todas, o que aqueles fãs do Lolapalloza já haviam percebido: seu show é obrigatório.

Setlist:

Shots
Trouble
It’s Time
Forever Young
(Alphaville cover)
Smoke and Mirrors
Polaroid
I’m So Sorry
Summer
Gold
Bleeding Out / Monster / Warriors
Demons
Dream
Hopeless Opus
Release
On Top of the World
Friction
I Bet My Life
Radioactive
The Fall

Related posts

The Imposters | Banda de Elvis Costello anuncia disco e revela faixas inéditas

Thomas Schulze

Dirty Projectors lança EP para Cool Your Heart

Thomas Schulze

Fernanda Takai | Estrada do Sol é lançada em clipe

Thomas Schulze