Image default
Críticas Games

F1 2018 tem um motor possante por baixo da velha lataria

F1 2018 é o novo jogo de corrida da franquia anual da Codemasters. Lançado para PC (download via Steam), PlayStation 4 e Xbox One, o título traz todos os pilotos e pistas da atual temporada, além de mais carros clássicos do que nunca, com montadoras lendárias como Lotus, Ferrari e McLaren. Confira abaixo nossa análise completa do game:

Nosso canal parceiro Aquele Cara também fez um gameplay e sua análise do jogo, que você pode ver no vídeo acima. Nele, inclusive, você confere com detalhes os carros clássicos da F1 presentes no game!


Veja também:


Mais do mesmo?

Se você jogou qualquer título da série a partir da edição 2015, já terá uma boa ideia do tipo de apresentação que o espera por aqui, o que acaba sendo um problema. Lançar uma nova edição de uma franquia anual reaproveitando as mesmas animações pré e pós-corrida (e até mesmo reaproveitando a estética dos menus do F1 2017) tira o sentimento de novidade e faz com que tudo pareça familiar demais.

Assim, caso você seja o tipo de jogador que espera ver amplas melhorias técnicas, visuais e de gameplay e já jogou o F1 2017, provavelmente é melhor deixar a edição desse ano passar e esperar mais um pouco por F1 2019. No entanto, há diversas pequenas melhorias e mudanças para quem aprecia a beleza dos detalhes ou gosta de mergulhar a fundo no gameplay.

LOJA PLAYREPLAY

Deslumbrante

No departamento gráfico, F1 2018 continua lindo, especialmente se você tiver um computador de ponta. Felizmente os requisitos de sistema não são dos mais parrudos, e um PC intermediário consegue rodar o jogo lisinho sem problemas. Mas só uma máquina top de linha vai conseguir tirar proveito do show de partículas e efeitos visuais.

É muito gratificante ver os detalhes presentes tanto na vegetação que cerca alguns circuitos como na caixa de brita, então jogar F1 2018 é uma experiência visual tão gratificante quanto assistir ao GP de Mônaco em uma televisão 4K: um verdadeiro colírio para os olhos! Aliás, tanto os carros da atual temporada e seus pilotos como os carros clássicos estão perfeitamente detalhados e fielmente reproduzidos por aqui.

Mais inteligente e divertido

Por mais que boa parte do conteúdo seja reciclado dos anos anteriores, com apenas alguns acréscimos mínimos aqui e ali, certamente não dá para reclamar de falta de coisas para fazer no jogo. O modo carreira, por exemplo, eu nem tive tempo de terminar, já que ele engloba nada menos do que 10 temporadas!

Elas são bem divertidas, já que o sistema de contratos foi retrabalhado com novas metas e desafios, o que estimula o progresso e desenvolvimento dos pilotos. Ter o poder de renegociar contratos permite melhorar o seu carro aos poucos e até conseguir ter pit-stops mais rápidos, o que faz toda a diferença nos níveis de dificuldade mais altos. A inteligência artificial foi substancialmente retrabalhada e, mais do que em qualquer outro jogo da série, é possível testemunhar brigas de posição entre pilotos controlados pela CPU, e movimentos mais inteligentes e realísticos por todo o circuito.

Experiência realística

Como nos jogos anteriores, o maior trunfo de F1 2018 é ser, ao mesmo tempo, profundo o suficiente para os aspirantes a mecânicos, engenheiros e pilotos, que encontram robustas ferramentas de customização dos veículos, mas também agradável para os mais leigos, que conseguirão calibrar a dificuldade a seu gosto.

É possível ligar e desligar diversos auxílios de pilotagem, como o traçado ideal na pista e frenagem automática, ou abraçar o câmbio manual e remover as assistências de aderência. Só tome cuidado para não desativar tudo de uma vez, pois o carro fica virtualmente incontrolável para alguém sem treino. Por sinal, quem joga no PC precisa investir em um joystick ou volante, já que o teclado é quase impraticável por sua falta de precisão, e certamente não é recomendável de forma alguma.

Embora a série F1 nunca tenha sido famosa por seus modos online, houve um esforço para lapidar o sistema este ano, com a promessa de que o algoritmo irá filtrar as partidas e unir jogadores com níveis de habilidade e etiqueta similares. No entanto, ao menos nas primeiras semanas de jogo, ainda não foi possível observar uma melhoria concreta. Acabei me divertindo mais com os placares de liderança nos modos de tomada de tempo, competindo com amigos e estranhos de todo o planeta pela melhor marca nas voltas.

À luz de tudo isso, consegui tirar bastante tempo de gameplay e reconhecer o potencial do jogo para agradar aos fãs de automobilismo por horas a fio, mesmo com as similaridades com edições anteriores e relativa falta de novidades.

F1 2018
8 Nota
0 Leitores (0 Notas)
Prós
  • Modo carreira longo
  • Carros clássicos
  • Ferramentas de customização
Contras
  • Poucas novidades
  • Menus reciclados
Avaliação
F1 2018 é um simulador bem competente da categoria mais nobre do automobilismo mundial, mas peca por ser parecido demais com a edição anterior do jogo. Fãs de automobilismo irão apreciar a fartura de carros clássicos e o extenso modo carreira.
O que as pessoas acharam... Deixe a sua avaliação!
Sort by:

Be the first to leave a review.

User Avatar
Verified
{{{ review.rating_title }}}
{{{review.rating_comment | nl2br}}}

Show more
{{ pageNumber+1 }}
Deixe a sua avaliação!

Related posts

Será possível jogar Broken Age tanto em cópias físicas quanto digitais

Kate Silva

Street Fighter V | Confira nossa gameplay ao vivo

Guilherme Soares

Disgaea 5 Complete | Versão de PC é adiada

Luciana Anselmo