Image default
Especial Últimos Destaques

Por que os dragões estão tão presentes na indústria do entretenimento?

Os dragões são criaturas que vem da mitologia grega e que ao longo da história receberam inúmeras adaptações na indústria do entretenimento. A palavra dragão vem do grego e significa “ver claramente”, por isso eles soltam fogo pela boca para iluminar os caminhos.


Veja também:


Na Grécia antiga, a lenda dizia que os dragões eram seres nobres e gananciosos que guardavam grandes tesouros do mundo antigo, além de dinheiro, e que também guardam grandes conhecimentos.

Em diversas produções os dragões são abordados, e neste artigo vamos falar sobre três campos que usam os dragões como inspiração: os desenhos animados, os jogos, e a cinematografia.

Pokémon dragões (imagem: boomo.com.br)
Pokémon dragões (imagem: boomo.com.br)

Desenhos Animados

Em Pokémon, há diversos tipos de dragões, entre eles Dragonair, Dragonite, e Dratini. Cada um desses dragões tem aspectos diferentes como cores e poderes específicos. Alguns são do bem, outros do mal; alguns vem do fogo e outros, da água. Ou seja, são bastante variados como todos os Pokémon já criados.

Já em Dragon Ball Z, há o grande dragão Shenlong. Esse é um dos desenhos mais famosos do mundo e que tem como plano central a história o dragão. Nesse desenho, a história segue as aventuras de Son Goku, desde sua infância até ele se tornar um lutador de artes marciais e ir atrás das sete Esferas do Dragão, as Dragon Balls que dão nome ao desenho. Quando reunidas, essas esferas são usadas para invocar o dragão Shenlong que é capaz de realizar desejos e é um dos dragões mais poderosos, considerado um Deus no universo dos desenhos animados.

LOJA PLAYREPLAY

Em Blue Dragon, uma série de jogos com adaptação para anime, segue as aventuras das pessoas em um mundo no qual as sombras ganham forma de criaturas. Nem todas as pessoas que vivem nesse mundo acreditam na magia.

Por fim tem o Tiamat da Caverna do Dragão. Esse é um dragão do sexo feminino que apresenta cinco cabeças coloridas e cada uma tem um poder diferente, a citar: fogo, gelo, ácido, gás e raios. Esse é um outro dragão bastante poderoso, sendo feroz, mas extremamente sábia.

Dragon's Dogma (imagem: cdns.kinguin.net)
Dragon’s Dogma (imagem: cdns.kinguin.net)

Jogos

Existem vários jogos sobre dragões. Há algum tempo falamos no nosso canal no YouTube sobre o jogo Dragon Quest. Em cada jogo, essa série conta uma saga de herói que precisa salvar uma terra que está na posse de um terrível inimigo. A série Dragon Quest apresenta versões para praticamente todos os consoles.

Pronto para ser lançado no verão de 2018, tem também o jogo Little Dragons Café, sobre o qual também já falamos por aqui. Esse jogo é bem diferente já que mistura ação de dragões em um ambiente de gerenciamento de restaurante.

Na área de jogos casuais, há vários slots baseados em histórias com dragões, entre eles DragonZ, Dragon Dance, Dragon’s Myth e Gold Dragon disponíveis no site da Betway Casino entre outros. Esses são muitas vezes inspirados da mitologia chinesa, com por exemplo o Dragon Dance, em que o jogador desfruta de uma festa de rua chinesa na qual pode ganhar prêmios por assistir a dança dos dragões.

Em termos de jogos onde cada jogador desempenha o papel de um personagem em um cenário fictício, o Dragon’s Dogma, lançado em 2012, é considerado um dos melhores jogos de RPG de todos os tempos, sendo considerado por muitos como muito mais do que um jogo, mas também um lugar para ser habitado. A remasterização do jogo original é tão popular que só nos Estados Unidos o jogo vendeu 92 mil unidades em apenas cinco dias.

Game of Thrones (imagem: sapo.io)
Game of Thrones (imagem: sapo.io)

Cinematografia

Hoje um dos exemplos maiores de dragão na cinematografia é a da série de maior sucesso chamada Game of Thrones. Nela, há os dragões de uma das personagens principais, Daenerys Targaryen, chamados Drogon, Viserion e Rhaegal. Dentro da série, os dragões são elementos de armas poderosas de destruição nas guerras do trono e já estavam extintos quando a série começa, ou seja, são tratados com todo o cuidado.

No filme bem específico, Como treinar o seu dragão (2010), somos apresentados a várias vertentes de dragões, com alguns mais ou menos perigosos. Além disso, tem o filme Reino de fogo (2002), no qual um dragão acorda no subsolo do mundo e decide destruir o planeta Terra sem piedade cuspindo fogo até que um grupo de sobreviventes precisa derrotá-lo e salvar o mundo.

Um outro filme que se tornou um clássico bem popular é o DragonHeart – Coração de Dragão (1996) no qual um dragão e um ex-caçador de dragões aposentado se unem para lutar contra o mal, você pode ver o trailer abaixo. Esse filme se tornou uma série de filmes já com mais três títulos, sendo que o último foi lançado o ano passado diretamente em DVD, BluRay e Netflix chamado DragonHeart: Battle for the Heartfire.

E por fim, o filme D-War tem uma quantidade de dragões imensa e de vários tipos realizando uma guerra de dragões com o máximo de destruição possível da terra.

Essas são algumas das produções que apresentam os dragões como os seus personagens principais, sempre com muitos poderes, usados tanto para o bem como para o mal, que refletem a dualidade do mundo.

Em adição, esses dragões são sempre criaturas místicas que refletem a humanidade mesmo que extremamente poderosas. Eles são largamente utilizados nessas produções de desenhos animados, jogos e cinematografia justamente por esse passado mitológico, trazendo o misticismo para o mundo atual.

Related posts

PlayStation 4 | Novas cores de DualShock 4 são reveladas

Ana Krishna Peixoto

Outlast | Primeiro jogo chega de surpresa ao Switch

Luciana Anselmo

State of Decay 2 | Confira mais de 20 minutos do gameplay

Luciana Anselmo