Image default
Games Guias

Heróis nunca morrem: Conhecendo o papel de Suporte em Overwatch

Como tantos outros shooters atuais, Overwatch também conta com quatro categorias principais de heróis: Ofensivo, Defensivo, Tanque e Suporte. Todas elas são extremamente importantes nas partidas do game, sendo que algumas funcionam melhor em mapas ou objetivos específicos do que outras. Ainda assim, é necessário buscar um bom equilíbrio entre os personagens de cada categoria para montar um time harmonioso e efetivo. É claro que isso só é possível com um conhecimento mais profundo de cada classe e seus personagens, algo que você pode alcançar com nosso guia especial sobre cada categoria.

No guia de hoje, exploraremos o papel de Suporte em Overwatch, explicando como ele funciona e falando sobre quais personagens pertencem à essa classe, com destaque para suas habilidades. Você pode conferir tudo logo abaixo!

 

“Heróis nunca morrem!”

Como o próprio nome obviamente já indica, o papel de Suporte serve literalmente para dar um apoio extra aos heróis de outras categorias. Geralmente, isso é feito atrás de habilidades de cura, mas também pode incluir escudos, teletransportadores ou maneiras de baixar a defesa dos inimigos. No caso, é um pouco de tudo que possa ajudar os outros heróis a realizarem suas próprias funções com mais facilidade e sem morrer o tempo todo para o time inimigo.

Infelizmente, o papel de Suporte pode ser subestimado na maioria das vezes e muitos jogadores se recusam a jogar com heróis desta categoria por acreditar que suas mecânicas e estilo de jogo são mais tediosas que das outras classes. A verdade é que os jogadores de Suporte precisam estar em alerta constante e saber onde todos os heróis estão para conseguir ajudá-los a todo momento.

LOJA PLAYREPLAY

Além disso, a maioria dos heróis de Suporte de Overwatch conta com boas habilidades ofensivas e defensivas, algo que pode e deve ser exercido nas horas certas para matar os inimigos quando possível. Tudo isso faz com este papel seja um dos mais frenéticos, até porque é a única função que coloca a vida de cinco outros heróis em suas mãos. Atualmente, o ideal é que se tenha pelo menos dois suportes no time, mas isso nem sempre se realiza em partidas casuais e competitivas de baixo nível. De qualquer forma, nada melhor do que também conhecer cada um dos cinco heróis atuais de Suporte de Overwatch para entender mais sobre esta categoria.

 

Ana

ana-playreplay

Ana é uma heroína bem diferente do que costumamos ver em personagens de suporte. Ela possui um “Rifle Biótico” como arma principal, cujos tiros podem curar se atingirem os aliados e causar dano continuo se atingirem os inimigos. Você pode atirar normalmente como qualquer arma ou usar sua mira telescópica para tiros mais precisos.

Suas habilidades secundárias consistem do “Dardo Sonífero”, que deixa os oponentes inconscientes por alguns segundos, e o da “Granada Biótica”, que pode curar rapidamente vários aliados ou causar um grande dano contínuo nos inimigos atingidos. Já a sua habilidade suprema se chama “Estimulante” e só pode ser usada diretamente nos seus aliados para que eles causem muito mais dano e recebam bem menos dano de inimigos. Se for combinado com as habilidades supremas de outros heróis, o “Estimulante” pode ajudar a aniquilar uma equipe inteira em poucos segundos.

No geral, ela é um pouco mais difícil de jogar por ser uma sniper de suporte, algo bem incomum. Uma boa maneira de aproveitá-la é ficar ligeiramente distante dos outros personagens em um local mais alto, onde você pode usar sua mira telescópica para curar ou causar dano conforme a situação. Em ocasiões mais tensas, pode ser necessário entrar em batalha com seus aliados, nas quais você pode aplicar o dardo sonífero em tanques ou heróis que estejam prestes de usar uma habilidade suprema. Ela é uma boa escolha em um time cujo o outro suporte é o Lúcio ou Zenyatta, mas não deve ser usada se for a única personagem de suporte do time.

 

Lúcio

lucio-playreplay

O Lúcio é um dos personagens de Suporte mais populares de Overwatch, até porque tem muita mobilidade, causa um ótimo dano e consegue curar múltiplos aliados ao seu redor. Sua arma é o “Amplificador Sônico”, que pode disparar projeteis sônicos nos inimigos para causar dano direto ou barreiras de som para mandá-los para longe (também causando um leve dano).

Ele também possui uma aura visível de médio alcance que muda acordo com a música que estiver tocando em seus alto-falantes, sendo que uma canção pode curar continuamente ou aumentar a velocidade de todos os aliados que estiverem por perto. Suas habilidades secundárias consistem da “Transição”, que alterna entre essas duas músicas quando necessário, e “Solta o Som”, que aumenta o som da música atual e dobra a efetividade de seu efeito causado, seja cura ou velocidade.

Sua habilidade suprema se chama “Barreira de Som”, o que faz com Lúcio lance uma verdadeira barreira de longo alcance que aumenta os pontos de vida de todos os aliados próximos (e de si próprio) por alguns segundos. Essa habilidade pode ser extremamente útil em momentos mais acirrados e pode até anular o dano causado pelo supremo de inimigos. Fora isso, ele possui a habilidade passiva de andar pelas paredes com seus patins, o que lhe permite alcançar qualquer lugar do mapa sem dificuldades e o torna muito difícil de atingir.

Lúcio é uma escolha sólida em qualquer time, mesmo que não haja outros heróis de Suporte para ajudá-lo. Sua cura constante não é tão boa por si só, mas a habilidade “Solta o Som” consegue fazer milagres sempre que for ativada. O bom de sua cura ser contínua é que ele pode focar em atacar e matar os inimigos como um herói ofensivo, só sendo necessário prestar atenção sempre que um aliado precisar de sua ajuda.

 

Mercy

mercy2-playreplay

Mercy é uma personagem de suporte bem interessante porque segue um praticamente um único foco: curar. Atualmente, ela é a única vista como curandeira pura, mesmo tendo algumas habilidades de ataque. Geralmente, ela é escolhida apenas para manter os aliados vivos e acaba tendo um papel bem estressante por só conseguir afetar um personagem de cada vez.

Sua arma principal é o “Bastão de Caduceu”, que serve para curar ou aumentar o dano causado por um aliado através de um raio, o possibilita o uso da habilidade à médio alcance. Ela também possui uma pequena pistola de dano baixo que serve mais para emergências, o que torna seu uso mais raro. Suas habilidades secundárias consistem de “Anjo da Guarda”, que a fazem voar diretamente para um aliado à curta distância, e “Descenso Angelical”, que a faz flutuar se estiver caindo de algum lugar.

Sua habilidade suprema é uma das mais importantes do game e se chama “Ressurreição”, o que faz com que Mercy possa reviver quaisquer aliados que tenham morrido recentemente e estejam ao seu alcance. Atualmente, não há limites para esse ressurreição, sendo possível até trazer os cinco heróis de seu time de volta à vida. Como deve imaginar, esta habilidade pode mudar todo o rumo de um jogo em questão de segundos.

A Mercy faz uma boa combinação com todos os heróis de suporte, mas pode ser complicado se quiser usá-la sozinha em um time. Isso se deve principalmente ao fato dela só conseguir curar um personagem por vez, o que pode ser algo complicado quando não se tem muita experiência com ela.

 

Symmetra

symmetra-playreplay

A Symmetra é uma das personagens mais polêmicas da categoria de Suporte, já que muitos jogadores acreditam que ela deveria estar na classe Defensiva. Isso acontece porque ela não possui nenhuma habilidade de cura e acaba se concentrando mais em fornecer escudos para seus aliados.

Sua arma principal é o “Projetor de Fótons”, que emite um raio de curto alcance nos inimigos próximos, causando um dano contínuo. O projetor também pode ser carregado para lançar esferas de energia de alto dano em situações estratégicas. Suas habilidades secundárias consistem da “Torre Sentinela”, que são pequenas torres que podem ser montadas sob qualquer superfície para causar dano aos inimigos próximos, e “Barreira de Fótons”, que funcionam como escudos para absorver dano e se movem sozinhos para a direção que foram lançados.

Sua habilidade suprema é um tanto especial, já que há duas opções diferentes para seus jogadores escolherem. Uma delas é o “Teletransportador”, que cria um dispositivo de teletransporte na plataforma de saída dos heróis (onde eles ressurgem depois que morrem) e outro onde Symmetra o quiser posicionar. Isso faz com que os heróis cheguem ao objetivo em menos de um segundo e facilita o avanço na partida. A outra opção é o “Gerador de Escudo”, que fornece escudos para todos os seus aliados enquanto estiver ativo. Os dois dispositivos podem ser destruídos se forem encontrados pelos inimigos.

Você pode usar a Symmetra preferencialmente em mapas de defesa ou de controle de pontos, onde é possível criar as torres sentinelas em pontos estratégicos para causar dano aos inimigos invasivos. Como ela não tem como curar seus aliados, é importante que haja pelo menos um outro herói de suporte no mesmo time.

 

Zenyatta

zenyatta-playreplay

Zenyatta é outro personagem bem interessante e distinto, podendo ser usado de maneira bem diferente dos outros heróis de Suporte. Ele tem habilidades tanto para curar como para causar danos nos inimigos, sendo possível até intensificar os ataques de seus aliados.

Para começar, ele usa seus “Orbes da Destruição” como ataque principal, o que pode ser feito com orbes individuais ou carregando múltiplos projéteis para um dano ainda maior. Suas habilidades secundárias consistem do “Orbe da Harmonia”, que cura um aliado de forma mais lenta, e o “Orbe da Discórdia”, que deve ser aplicado em inimigos para amplicar o dano que eles receberão em seguida. Cada orbe só pode ser usado em um personagem por vez, mas sempre é possível trocar seus alvos a qualquer momento.

Sua habilidade suprema é a “Transcendência”, que funciona de maneira parecida com a “Barreira de Som” de Lúcio. Com a transcendência, Zenyatta entra em um estado elevado por alguns segundos, o que faz com ele restaure todos os pontos de vida de seus aliados próximos continuamente. Durante este período, ele não pode usar nenhuma outra habilidade, mas também fica imune aos ataques.

Se usado corretamente, Zenyatta pode até ficar sozinho em um time, mas acaba sendo uma ótima combinação com Lúcio e Ana. Seu foco sempre deve ser o de aplicar o orbe da discórdia em um inimigo e avisar seu time para que ele seja eliminado o quanto antes. Caso tenho um Lúcio em seu time, coordene com ele o uso de suas habilidades supremas, porque é um desperdício usá-las ao mesmo tempo

Related posts

Resident Evil 2 | Confira os requisitos para rodar o game no PC

Luciana Anselmo

Assassin’s Creed Origins | Novo DLC chega amanhã

Luciana Anselmo

Baba is You: é você quem faz as regras

Gabriel Toschi