Image default
Quadrinhos Últimos Destaques

CCXP 2018 | Feira ainda é o evento nerd mais legal do Brasil

De 06 a 09 de dezembro, mais de 262 mil pessoas (recorde de público do evento) passaram pela Comic Con Experience 2018 para prestigiar os convidados, estandes e artistas da quinta edição da CCXP, forte candidata a melhor edição da feira até agora. Mais do que nunca, o evento se esforçou para agradar a todas as vertentes do mundo nerd.


Veja também:


Seja você um fã de cinema, séries, quadrinhos, animes ou mangás, havia um pouco de tudo para todos os gostos. Embora, claro, o maior foco continue com atrações da Marvel, DC, Netflix e demais pesos pesados que ditam o mercado do hype. As crianças de Stranger Things, Brie Larson, Michael B. Jordan, Zachary Levi e muito mais convidados ajudaram a formar o time mais estrelado da história da feira, com painéis concorridos e, em alguns casos, caríssimos meet and greets passando dos R$ 300. Haja bolso!

Confira todas as novidades que a Crunchyroll trouxe para a CCXP 2018 neste vídeo do nosso canal parceiro Aquele Cara

Grandiosa, mas também intimista

Parte da identidade da CCXP consiste nessas super estrelas, mega estandes e as milhares de pessoas se espremendo e gritando para celebrar o “épico”, mas o verdadeiro coração da CCXP é o Artists Alley e, felizmente, a organização do evento está plenamente ciente disso. Estrategicamente situado no centro da feira, o grande espaço reúne centenas de talentos nacionais e internacionais de forma bem acessível. Foram quase 500 artistas ao todo, entre escritores e desenhistas.

Rafael Fritzen, Rafael Calça, os irmãos Castro, Fabio Moon e Gabriel Bá dividiam democraticamente seu espaço com John Romita Jr, Mike Deodato, John Cassaday e Bilquis Evely, além de diversos ilustradores independentes vendendo lindas artes a preços módicos.

Um tour completo em vídeo pelo Artists’ Alley da Comic Con Experience 2018

Ao redor do Artists Alley, estandes de todos os tamanhos reuniam compradores e curiosos com brindes, promoções e ótimas oportunidades para obter itens raros ou aquele volume que faltava para completar a sua coleção de revistas, livros ou mangás. As maiores editoras do ramo, como a Panini e JBC, tinham estandes caprichados cheios de promoções, bem como os serviços de streaming do momento: nossa parceira Crunchyroll tinha um lindo estande cheio de ofertas, assim como a Netflix e a Amazon Prime.

Para quem não queria gastar dinheiro e preferia só passear, era possível admirar vários estandes caprichados, como o da Iron Studios, que trouxe dezenas de estátuas de variados tamanhos inspiradas em franquias como Star Wars, Senhor dos Aneis e Jurassic Park.

A Iron Studios marcou presença na Comic Con do Omelete com lindas figures dos mais diversos tamanhos

Saldo muito positivo

De resto, a feira apresentou aquele mesmo inconveniente de praticamente todos os shows e eventos do Brasil, com os pontos de alimentação vendendo produtos superfaturados com preços abusivos, uma triste prática padrão dos eventos brasileiros. Pelo lado positivo, o transporte gratuito que levava de e para a estação de metrô Jabaquara seguiu funcionando em um ritmo muito bom. As filas eram grandes, é verdade, mas a conveniência é muito legal e merece ser valorizada.

Com ótimas atrações, uma boa variedade de estandes e muita gente legal para ver e conhecer pelos corredores da feira, a CCXP 2018 foi a melhor edição do evento até aqui, e mostra que seu “viva o épico” é mais do que um slogan: é uma realidade para as milhares pessoas que visitaram a feira!

Related posts

CCXP | Jill Thompson e John Romita Jr. são confirmados na CCXP 2018

Thomas Schulze

Terceiro ano de My Hero Academia consagra a melhor história de heróis desta geração

Thomas Schulze

Crunchyroll | Black Clover, Re:Zero e Bungou Stray Dogs serão dublados

Thomas Schulze