Image default
Cinema Cinema e TV Últimos Destaques

Batman: do pior ao melhor, listamos os filmes do homem-morcego

Batman é um dos heróis mais famosos da ficção, quiçá o mais conhecido de todos. Criado em 1939 por Bob Kane e Bill Finger, o homem-morcego virou símbolo da DC Comics tanto nos quadrinhos como nos cinemas, onde ajudou a moldar e, posteriormente, a redefinir o cinema de super-heróis.

Veja também:

Para celebrar o gigantesco legado do personagem e o lançamento do filme da Liga da Justiça, fiz uma lista com o que considero seus melhores filmes até agora, começando pelo pior, escalando o caminho completo até o melhor de todos. Tenha em mente que esta é apenas minha opinião e uma lista completamente subjetiva. Se discordar de algo, os comentários lá embaixo estão abertos para contra-argumentos (e até xingamentos, caso prefira tornar a internet um lugar pior para todo mundo).

8. Batman vs Superman: A Origem da Justiça (2016)

É uma pena que Ben Affleck tenha estreado neste filme, já que seu Bruce Wayne ficou excelente. Infelizmente, ele é praticamente o único trunfo de um roteiro simplesmente desastroso e mais esburacado que queijo suiço. A edição catastrófica e os pesados cortes da Warner não ajudaram, e a infame cena com a MARTHAAA!! ainda causa calafrios em qualquer um que tenha um mínimo de apreço por bom cinema.

7. Batman e Robin (1997)

“Nossa, mas como esse filme consegue ser menos pior que Batman V Superman?!” A resposta é simples: comédia não intencional e muita tosqueira. Ainda que também seja engraçado ver Jesse Eisenberg em sua atuação afetada, não tem “ding ding ding” que barre os batmamilos no traje de George Clooney, as frases de efeito do mito Schwarzenegger, ou o festival de cores trazidas pelo diretor Joel Schumacher, que faziam até o batmóvel parecer adereço do desfile do Salgueiro.

https://www.youtube.com/watch?v=ORAGHEV890Y

6. Batman Begins (2005)

A trilogia de Christopher Nolan marcou época e é aclamada por diversos cinéfilos graças ao seu clima dark e realista, que, para o bem ou para o mal, dita tendência até hoje. Embora Begins ganhe pontos por popularizar essa estética, é também o mais falho da série. Aqui, Nolan ainda demonstra ser incapaz de filmar cenas de ação coerentes, e é sempre confuso entender o que exatamente está rolando na tela. Ao menos a parte do treinamento de Bruce com a Liga dos Assassinos é bem pilhante.

5. Batman Eternamente (1995)

“Baaaabyyyy, I compare you to a kiss from a rose on the grey
Ooh, the more I get of you, the stranger it feels, yeaaaah
Now that your rose is in bloom
A light hits the gloom on the grey…”

4. Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012)

Por dois atos, Bane é um vilão muito ameaçador e legal, que ajuda o filme a ganhar drama e riscos elevados. É verdade que o seu plano não faz lá muito sentido, e que as alegorias sobre occupy wall street não encaixam bem como deveriam, mas quem liga pra isso quando a ação está tão intensa? Aí chega o ato 3, Bane se mostra um idiota servil, a verdadeira vilã morre de forma novelesca tragicômica, Batman recria a infame cena da bomba do seriado dos anos 60, Nolan refilma o fim de Inception, e o filme se encerra entre altos e baixos.

3. Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008)

Essa é a hora em que ou você desiste desta lista de vez, ou aceita uma opinião meio inconveniente: Dark Knight poderia usar um roteiro mais enxuto. Heath Leadger é, sim, brilhante como Coringa, rouba a cena e brilha demais, mesmo no embate final um tanto anti-climático. O real problema é que todo o arco de Harvey Dent parece deslocado, e o Duas Caras vira um peso no roteiro, ao invés de alguém que realmente contribui de forma relevante para o bom andamento da trama.

2. Batman – O Retorno (1992)

Embora cada ator tenha tentado trazer algo novo para o personagem, ninguém conseguiu interpretar um Bruce Wayne mais preciso do que Michael Keaton. Afetado e sério em perfeita medida, o ator complementava muito bem o senso estético gótico e bizarro do diretor Tim Burton, habilmente explorados no nosso primeiro colocado…

1. Batman (1989)

O melhor filme desta lista é, também, um filme de herói essencial e absolutamente definidor de geração. Tal qual o excelente Superman de 78, Batman de 89 estabeleceu novos paradigmas de qualidade e provou como o gênero podia ser rentável e divertido. A Gotham de Burton era tão única e perfeita que até hoje inspira praticamente todas as suas novas versões em diferentes mídias. E não podemos esquecer do impecável Coringa de Jack Nicholson, tão bom (ou melhor) que Heath Ledger!

Honra ao mérito: Batman a máscara do fantasma (1993)

Se estivéssemos listando todos os longa metragens do personagem, pouco importando se são filmes com atores ou animações, então este desenho abocanharia a primeira posição! A série animada do Batman contava com algumas das melhores histórias do herói, com roteiros primorosos de Paul Dini. Este filme trouxe tudo que os episódios tinham de melhor, o mesmo traço marcante, e até uma bela e tocante história de amor. Recomendadíssimo para qualquer fã do personagem!

Related posts

Top 5½ Piores games adaptados de filmes

Thomas Schulze

Barry e Iris fazem terapia em novo trailer de The Flash

Thomas Schulze

Patty Jenkins vai dirigir Mulher Maravilha 2

Thomas Schulze