Image default
Críticas Games

Boa sorte tentando sobreviver aos zumbis de No Hope for Us

No ano de 2125, um vírus praticamente exterminou toda a vida na Terra transformando uma imensa parte da população em mortos-vivos. Alguns sobreviventes encontraram refúgio em quatro estações espaciais orbitando o planeta, mas alguns poucos menos bem aventurados continuaram em terra, precisando lutar constantemente pela própria vida.

Sua esperança de sair dessa vivo está no céu: já com poucos suprimentos, você percebe que uma das estações enviou uma nave para buscar mais sobreviventes. Mas você precisa aguentar tempo o suficiente para a nave chegar e te levar em segurança. Não há muita esperança.

Boa sorte.

Análise: No Hope for Us
Pressione a sequência correta de teclas para atirar nos zumbis

 

24 horas

Produzido pelo Mito Studio, localizado em Budapeste, Hungria, No Hope for Us é um browser game que foi concebido durante uma game jam na qual os estúdios tinham apenas 24 horas para criar do zero um novo jogo.

Segundo os produtores, no processo de concepção do game eles imaginaram como seria se um apocalipse zumbi realmente rolasse no mundo real enquanto eles estavam no trabalho. O grupo chegou então à conclusão de que provavelmente estabeleceriam base no escritório onde trabalham, e tentariam defender o local e enfrentariam juntos a ameça dos mortos-vivos.

Até mesmo o prédio onde fica a base do Mito Studio entrou na brincadeira: na belíssima arte pixelada do jogo, uma versão semi destruída da construção serve de refúgio para os personagens de No Hope for Us. Sensacional!

 

Separados cairemos

Se realmente rolasse um apocalipse zumbi, dificilmente alguém sobreviveria por muito tempo por conta própria, certo? Não que seja impossível, é claro.

Em No Hope for Us, é possível enfrentar hordas e mais hordas de zumbis sozinho, confiando única e exclusivamente em suas próprias habilidades. Mas você também pode dividir o fardo com amigos em partidas com até quatro pessoas, aumentando as chances de prolongar bastante a sua vida a de seus companheiros.

Análise: No Hope for Us
Alguns zumbis são muito mais resistentes e exigem maior atenção

 

Rápido no gatilho

Para detonar os zumbis no webgame No Hope for Us, a coisa é razoavelmente simples: basta pressionar as setas do teclado exatamente como exibidas acima da cabeça dos mortos-vivos. Se você acertar, boom, headshot! Caso contrário, os desmortos continuam avançando em sua direção.

Em um primeiro momento, pode até parecer bem fácil sobreviver ao ataque dos zumbis. Mas espere só até eles virem em quantidades absurdas! Você com certeza vai desejar ter alguns amigos com quem compartilhar a aventura.

E nem só de zumbis “comuns” vive No Hope for Us. Após algumas cabeças estouradas, alguns chefões podem dar as caras — e eles são bem mais difíceis de vencer. Para derrotá-los, é preciso pressionar corretamente a sequência exibida acima de sua cabeça algumas vezes, já que eles são muito mais resistentes a tiros que os demais inimigos.

 

Um fio de esperança

É inegável que No Hope for Us seja um jogo extremamente viciante. Sua simplicidade e beleza, somados ao estilo de jogo fazem com que você queira tentar alcançar placares cada vez maiores.

Se você procura um jogo divertido e desafiante o suficiente para te entreter por algumas boas horas, No Hope for Us é o webgame indicado pra você.

 

No Hope of Us – Nota: 5/5

Produtora: Mito Studio
Plataforma: Navegador de internet

Related posts

Humble Bundle | Jogos da Ubisoft estão em promoção no site

Luciana Anselmo

Warhammer 40K: Dawn of War 3 estará gratuito no fim de semana

Luciana Anselmo

Bandai Namco anuncia Dark Souls II: Scholar of the First Sin

Rodrigo Estevam