Image default
Games

62 Segredos do Trailer de Super Mario Odyssey

Super Mario Odyssey foi revelado oficialmente como um título que virá para o Nintendo Switch ao final de 2017. Com algumas poucas informações dada no evento e em press releases, nós voltamos ao trailer com pouco menos de três minutos e o destrinchamos para encontrar todos os segredos do tão aguardado retorno de Mario às explorações à lá Super Mario 64!

Caso não tenha visto ainda, assista o trailer abaixo e prepare-se para perceber o que os seus olhos ainda não viram:

 

Abertura (0-25s)

1-Aquela nave passando pelos céus trata-se nada mais nada menos que a nave-chapéu de Mario que parece ser o veículo que levará Mario ao redor do mundo

2 à 7 – A cidade tão parecida com Nova York na realidade se chama New Donk City! E esse nome não é a única referência ao gorilão: ruas dedicadas à Dixie e Cranky (além de outros personagens ao longo do trailer), Diddy com seu próprio mercado, Dixie com seu cinema e Tiny com algum tipo de loja. Será que essa vai ser a primeira vez que Kong e sua trupe aparecerão em um Mario 3D?

8 à 10 – Estampados nos letreiros eletrônicos de New Donk City estão também os outros destinos dessa odisséia de Mario. 8 refere-se à Kogwald, a floresta com certos elementos industriais. 9, com seus tons pasteis e formas geométricas indica o mundo culinário. Apesar da dificuldade de identificar o que está escrito, as primeiras letrar parecem ser abreviação para “Mt.”, abreviação inglês de montanha. Já o número 10 pode ser confundido com um novo power-up/cogumelo à primeira vista, na realidade é uma das caveiras mexicanas do mundo do deserto que foi mostrado junto ao anúncio do Switch!

11 – A  placa do táxi que passa por cima do bueiro por onde Mario sai é uma referencia à data de lançamento do Donkey Kong original para Arcades! Seria então essa a mesma cidade na qual o jogo original se passava?

 

New Donk City (26-46s)

12- Reparou nas moedas à distância? Então aproveite, pois serão algumas das poucas que você verá ao longo do trailer todo. Com tão poucas assim, será que ficará mais difícil conseguir uma vida coletando 100? Ou será que não teremos vidas necessariamente e elas servirão outro propósito? Afinal, é preciso de dinheiro para se dar bem em uma cidade grande assim; nada é de graça!

13- Já essas moedas roxas não devem ser confundidas com as de Super Mario Galaxy, que rendiam uma estrela ao coletar 100. Dessa vez, cada mundo parece ter seu próprio coletável na cor roxa, e as moedas são as de NDC.

14- Ruas K.Rool e Expresso (o avestruz, que não dá as caras desde os Country de SNES) são mais referencias aos jogos do gorila.

15- Perceba logo abaixo de Mario uma checkpoint flag ainda não ativada (por isso a cara do Bowser estampada nela). Será que as fases serão mais lineares que imaginávamos ou essas bandeiras terão outro objetivo que não seja salvar seu progresso no level?

16- Perceba aquele feixe de luz colorida na nave de Mario. Ele já havia aparecido no trailer de anúncio do Switch, e aparece diversas vezes ao longo do trailer.

17- Aparentemente, a fase acaba quando Mario chega em sua nave. Será que é possível acessá-la e sair do mundo a qualquer momento? Outra ideia é que essa seja a primeira fase do jogo, visto que Mario começa saindo de um bueiro e parece terminar com ele chegando na sua nave, não em algum tipo de objetivo clássico como uma estrela ou chefão. Pode ser então que aquele feixe de luz do item anterior indique objetivos para o jogador; locais que devem ser acessados.

18- Ao pular do prédio mais alto de New Donk City podemos ver que a cidade não é um open-world gigantesco e sim uma fase com um layout bem parecido com as de Super Mario 64: uma ilha flutuante altamente explorável e com diversas seções de plataforma.

19- Não bastasse tantas referências aos jogos de DK, em especial o Donkey Kong original, a cidade também está repleta de andaimes vermelhos reminiscentes a aqueles do arcade

 

Kogwald e “México” (46-1:10)

20- Novamente vemos a checkpoint flag… mas logo após Mario chegar na fase! Não faria muito sentido ter um save point logo no começo do nível, a não ser que a ideia seja que o jogador esteja livre para ativá-la quando quiser, após progredir e ter coletado vários itens na área.

21- Ao longe vemos novamente o beacon de luz no alto de uma torre no deserto. O que será que nos aguarda lá?

22 e 23 – Os coletáveis do deserto são esses triângulos roxos, mas perceba que alguns estão presos em gelo (22), indicando que o mesmo poderá ser quebrado (ou derretido?) de alguma forma. Talvez até só revisitando a fase com algum poder desbloqueado mais tarde ou visitando-a em um momento específico, tal qual as fases de SM64 mudavam ligeiramente de acordo com a estrela que você escolhia procurar.

24- Embora não tenhamos visto, as moedas no topo da árvore fina indica que Mario continuará sendo capaz de escalar árvores.

25- A torre no meio da fase é a mesma vista no poster de Kogwald em New Donk City.

26- Reparou naquele ponto verde? Pois bem, trata-se de um binóculo. Não, não tenho visão de águia, mas é possível vê-lo em outra fase (número 34)

27- Os coletáveis de Kogwald são nada mais nada menos que roscas ou, em inglês, Cog.

28- Perceba Mario com bochechas cheias de ar, segurando sua respiração. Isso indica que, tal qual nos Marios 3D (exceto Land e World), Mario terá limite em quanto tempo pode ficar abaixo d’água, ao contrário dos Marios 2D.

29- O cano ali em baixo parece levar para dentro da área sob grades, inacessível de outra forma. Isso não só confirma o retorno dos canos mas demonstra como exploração será importante.

30- P-Switches marcam seu retorno, mas com a escassez de moedas, não dá para ignorar a possibilidade de que talvez tenham outro propósito aqui do que transformar moedas em plataformas.

31- Esse bloco que Mario encosta é difícil de perceber, mas começa a ceder assim que o encanador pisa. Na realidade todas as plataformas do tipo ao redor da estrutura começam a cair e provavelmente foi através delas que Mario alcançou o topo da estrutura, criando um interessante desafio de subir enquanto a estrutura desaba. Ela se encontra intacta com Mario no top no começo do clip pois, tal qual todas plataformas que caem nos jogos do Mario (como os Donut Blocks), elas retornam após algum tempo.

32- Outro beacon de luz, com um terceiro P-Switch e uma poça roxa, a qual teremos melhor noção do que se trata mais à frente.

33- Temos o retorno dos coelhos em um Mario 3D. Alguns esparços em 3D World, poucos em Galaxy e presentes desde 64, geralmente fogem de Mario e ao alcança-los o encanador sempre recebe alguma boa recompensa.

34- Eis uma melhor visão dos binóculos/telescópios vistos pela primeira vez em 3D land e também presentes em Kogwald (26). Seriam eles controlados pelo giroscópio do Switch também?

 

Monte Culinária (1:10-1:30)

35- O coelho fugindo conforme Mario se aproxima dá a entender que ele realmente se comportará como nos jogos anteriores

36- Mario segura o clássico rabanete que vem sendo jogado por toda a história da franquia. Entretanto, nunca vemos a frente de tal vegetal no trailer. Será que eles também têm caras aqui?

37- Os coletáveis desse mundo culinário são esferas poligonais, seguindo a estética de poucos polígonos da maioria dos elementos deste local.

38- Não que esteja necessariamente escondido, mas é interessante ver que neste mundo os Hammer Bro. viram “Chef Bro.”, lançando panelas ao invés de martelos. Será que veremos mais variantes regionais dos inimigos clássicos de Mario? Seria essa a resposta do reino dos cogumelos às Alolan Forms??

39- É fácil passar despercebido, pois estamos tão acostumados à vê-los, mas estes são os primeiros Question Blocks tradicionais (desconsiderando os blocos no lugar de sinais de trânsito em NDC).

40- Este vulcão/montanha pode ser o que dá o nome à região, indicando que talvez estejamos certos na dedução que se chama Mt. “something”. Indo além, um vulcão é cheio de lava, um líquido quente e é possível identificar um “R” no poster da região em New Donk City. Talvez o nome final seja Mt. Curry, este sendo um tempero apimentado – tão apimentado que até queima a poupança de Mario em certa parte do trailer!

41- Já percebeu que a nave do Mario tem um formato de Cartola? Essa não é a única referência de cartolas e chapéu ao longo do jogo.

42- Dando um zoom no globo, claramente chegamos à conclusão de que não se trata do nosso planeta Terra, como muitos especulavam.

43- Aqui o que interessa é o que se está ausente: o feixe de luz no topo da torre! Será que veremos variações nas fases (visto que essa está de noite) e em seus objetivos ou o jogador é capaz de colocar tal feixe onde bem entender?

44- Claramente essa fase está de noite e, tal qual um deserto à noite, a temperatura cai e Mario fica com frio. Mas mais importante que o fato de estar de noite é por quê ela está de noite? Será que depende de algo selecionado antes de entrar na fase ou veremos algum tipo de sistema dia-noite/passagem de tempo em Odyssey?

 

Chapéus e Desertos (1:30-2:00)

45 e 46- Crazy Cap parece ser uma loja presente em todas as fases do jogo, de uma forma ou outra. Note que as inicias “C.C.” na logo da loja também funcionam como olhos para o boné. Será que o novo boné de Mario estaria conectado de alguma forma com essas lojas? Será que é aqui que Mario desbloqueia (ou compra, usando moedas normais ou os coletáveis locais) novos chapéus/power-ups? E os chapéus ao lado (Cartola, chapéu de palha, capacete de futebol americano, sombrero…)? Parecem um tanto específicos, não? Será que cada um deles concede uma habilidade diferente ao herói?

47- Esse pé de feijão gigante parece ser o que conecta a área inferior com a área superior, mais mecanizada, de Kogwald. Seriam aqueles robôs-regadores enferrujados relacionados ao puzzle que faz esse “pé de feijão gigante” crescer?

48- Conhece essa área? É outro angulo de um daqueles 5 segundos de Odyssey que apareceram no anúncio original do Switch.

49- E o feixe de luz volta! Faria isso parte da mesma missão? Mas o jogador está indo na direção oposta… Talvez aquele seja o objetivo da missão selecionada, mas o jogador possa fazer o que bem entender e tentar completar outras missões/desafios. Além disso, dois pontos dessa estátua/esfinge: seria ela um retorno do chefe do primeiro mundo de Super Mario Land, que residia num deserto/piramide? Perceba também que a montaria está logo à frente de um símbolo de Taxi, então talvez não tenhamos tanto controle assim sobre a estátua.

50- Bowser está preparado para casar com Peach, mas esta não é a primeira vez: ele já fez isso em Super Paper Mario (Wii).

51- Embora o lançamento de cartola do Bowser não acerte o Mario, parece que algo (ou a própria cartola num efeito bumerangue) acerta Mario e o empurra para fora do Airship do vilão, muito possívelmente fazendo-o aterrissar em New Donk City.

52- A montaria do deserto parece levar Mario à uma área ainda não revelada, além das dunas.

53- neste clip, à noite, vemos a montaria retornando da área à qual marchava no item anterior. Isso faz pensar que ela segue basicamente um trajeto pré-definido (entre dois pontos de táxi), dando controle limitado ao jogador)

54- Lembra da poça roxa do item 32? Aqui está sua razão: veneno cuspido por Piranha-Plants.

55- Seguindo a tradição, a poça roxa gigante atrás essa estrutura no deserto muito provavelmente será veneno também mas, devido à larga área e sua cor mais forte, deve causar morte instantânea ao invés de simples dano.

56- O cânion circundando a área mostra como diferentes conceitos serão usados para delinear e limitar a área de jogo destes mundo, por mais expansivos que eles sejam.

Chefões! (2:00-2:40)

57- O casamento de Bowser e Peach está estampado por toda parte! Seria a história do jogo Mario caçando Bowser e Peach numa volta ao mundo “pré-lua de mel”?

58- Esta é a primeira cena do que parece ser New Donkey City à noite. Será que toda fase terá variação noturna? E estes inimigos, também com cartolas… por quê tanta ênfase em cobertura de cabeças?

59- Saem Koopalings e entram… esses coelhos? Claramente servindo como antagonistas, têm seu próprio airship e estão vestidos para o casamento. Seriam eles convidados ou organizadores da festa? Talvez até manipulando Bowser, se é que aprendemos algo com a história de Super Paper Mario.

60- Uma variação de Wingo, o vilão de Captain Toad Treasure Tracker, aparece como um chefe de Mt. Curry. Talvez a batalha seja no topo do bolo de casamento de Bowser e Peach.

61- Essa cena parece ser a introdução de uma batalha contra chefe, mas o local parece novo, afinal parece uma caverna ou subsolo. Mas ao prestar atenção à arquitetura e os cristais de gelo no fundo, podemos inferir que é uma nova área dentro do deserto: talvez abaixo das dunas ou dentro da pirâmide invertida flutuante. Detalhe também para o canhão ao fundo. Seria um obstáculo, maneira de derrotar o chefe não revelado ou até quem sabe algo que pode lançar o próprio Mario, à lá Mario 64!

62- Um dos coelhos age como um dos chefes de Kogwald. Perceba que uma vez em batalha, Mario não pode mais fugir, e que apesar de parecer um destino final da fase, ainda é visível o fim do feixe de luz no canto superior direito.

Ah e claro, 63- a Aranha/centopéia gigante robótica invadindo New Donk City. Mas imagino que essa você percebeu.

 

Gostou da análise e opiniões sobre o trailer? Percebeu algo que não percebemos? Comente aqui!

Related posts

Nintendo 3DS vendeu 15 milhões de unidades nos Estados Unidos

Eidy Tasaka

Super Nintendo Classic custará R$1000 no Brasil

Thomas Schulze

Super Smash Bros. (3DS) vende 1 milhão de cópias na primeira semana

Eidy Tasaka